Contec Brasil 2012

Nos dias 7 e 8 de agosto nós (eu e a Samis) fomos ao Contec Brasil – Conferência Internacional de Tecnologia, Cultura e Alfabetização -, promovido pela Frankfurt Academy.
O evento em si foi muito bem estruturado, porém, juntar alta tecnologia, novos dispositivos móveis e alfabetização creio que ficou amplo demais e parecendo, por vezes, que não havia um objetivo muito claro de público (seriam pedagogos em busca de uma nova solução para alfabetização de crianças? Uma editora que busca saber como anda o mercado de tablets e outros dispositivos móveis para uso em leitura? Seria para um ativista de alguma ONG? Para o público leigo mas interessado em tecnologia?
Das pessoas que se apresentaram, algumas me chamaram a atenção: Bruno Valente, da Punch!, que levantou questões importantes e pertinentes com relação ao novo mercado editorial que dispositivos móveis como tablets estão criando (porém, infelizmente não deram ao Bruno mais tempo para expor suas colocações); José Luis Poli, da Faculdades Anhanguera, que mostrou uma iniciativa um tanto ousada que é a de alfabetizar crianças e adultos por meio de smartphones (apesar das críticas que se ouvia na plateia, eu acredito que falta neste país pessoas visionárias como Poli) e Phillippa Donovan, da Egmont, que da mesma forma que os donos de carruagens do século 18 diziam que automóveis eram perda de tempo…. Phillippa acredita que o livro impresso não será substituído por um livro digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>